Nova Lamborghini Aventador em Batman: The Dark Knight Rises

Lamborghini Aventador do novo Batman

Quem já viu os atuais filmes do Batman, pode perceber que Bruce Wayne demonstra seu bom gosto por carros através de carros Lamborghini. Em Batman Begins, ele aparece deMurciélago Roadster com duas mulheres lindas. Em Dark Knight, o modelo é Murciélago LP640. Agora adivinhem só o que vai aparecer em Batman: The Dark Knight Rises? Uma Aventador!

A primeira explicação é: a Lamborghini Murciélago saiu de linha e foi substituída pela Aventador. Segundo: Bruce Wayne tem um perfil de playboy; ele precisa mostrar que pode substituir a Murciélago arrebentada no filme anterior, uma substituição bem estilosa, devo dizer.

Não bastasse ser um carro que poucas pessoas podem ter, a Aventador do Batman recebeu pintura exclusiva para o filme. Bem que poderia sair uma versão com as cores assim, quem sabe um dia eu a compre ;)

BMW M1 fazendo drift no heliporto mais alto do mundo!

O pessoal da BMW Canadá vem pegando pesado nas campanhas para promover a nova BMW M1. Depois do já incrível vídeo com o carro atravessando paredes de concreto, agora fizeram drift com a M1 no heliporto mais alto do mundo!

Eu não quero nem imaginar como conseguiram colocar a BMW M1 no topo do U.S. Bank Tower, em Los Angeles. O prédio tem cerca de 300 metros de altura e seu heliporto fica bem destacado. Um simples erro causaria enormes danos. Confira:

Source: http://www.motordigital.pt/carros-usados/bmw/

Motociclista morre em protesto contra o uso de capacete

Nos EUA, cada cidade/estado tem suas leis de trânsito, sendo que em muitos casos, itens como capacetes são totalmente dispensáveis.

E em Nova York, houve um protesto contra a obrigatoriedade do uso de capacetes ao conduzir uma moto. Adivinhem só o que aconteceu no protesto? Um idiota de 55 anos se acidentou, e morreu de traumatismo craniano.

Ele precisou frear, mas acabou travando totalmente a roda dianteira. Com a ajuda da nossa querida inércia, o corpo foi jogado para frente, com a cabeça indo de encontro ao asfalto. Boa, champs. Noticia apartir de MotorDigital

Quer saber o que o Código de Trânsito Brasileiro fala sobre o uso de capacetes? Aí:

Art. 244. Conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor:

I – sem usar capacete de segurança com viseira ou óculos de proteção e vestuário de acordo com as normas e especificações aprovadas pelo CONTRAN.

(…)

Infração – gravíssima;

Penalidade – multa e suspensão do direito de dirigir;

Medida administrativa – Recolhimento do documento de habilitação.

Como é feita uma Lamborghini Aventador

Pessoalmente, encaro a Ferrari como marca mais forte que a Lamborghini, porém, considero a Lamborghini uma marca com melhores carros, inclusive com melhor abordagem. E é o lance da abordagem que vem fazendo com que várias pessoas curtam o Aventador.

O carro não sai das notícias em outros países, seja com testes, fotos, considerações ou possíveis melhorias. A última que vi foi o vídeo oficial da marca mostrando como nasce umaLamborghini Aventador! O vídeo fala por si, nem vou comentar:

Pequeno relato: conhecendo o modelismo

Já faz tempo que eu queria conhecer um pouco mais sobre as diversas modalidades de modelismo. Uni tal vontade ao tempo disponível e resolvi passar um dia no Clube Escola de Modelismo (Modelódromo), acompanhando a galera de ferreomodelismo, aeromodelismo e nautimodelismo!

Comecei pelo ferreomodelismo, que basicamente é a arte/cultura de recriar em miniaturas os ambientes do universo ferroviário. O que impressiona é a fidelidade das maquetes, com desvios de trilhos, cidades, pontes, túneis e etc. Porém, achei tudo meio “parado”.

Já no aeromodelismo (creio que o nome se auto-explique, né) achei tudo mais divertido, principalmente porque acompanhei a modalidade VCC (vôo circular controlado), em que o “piloto” guia o avião por cabos. Os modelos têm motor a explosão, abastecido com nitro metano.

No domingo, o pessoal estava com seus aviões treinando para uma competição na Alemanha, mostrando muita técnica e manobras incríveis! Ao conversar com Bene Rodrigues, um dos instrutores, soube que mais de 500 crianças são atendidas ali mensalmente. Elas recebem aulas de modelismo e ganham o modelo montado, além de um lanche, camiseta e certificado!

E justo o nautimodelismo, que eu julgava ser chato, foi o que eu mais curti! Existem modelos com motor elétrico e a explosão, a gasolina ou nitro metano. Nos horários pares, navegam os modelos mais lentos, já em horários ímpares, rola o show dos barcos mais velozes.

Jeferson, um dos modelistas, estava com seus barcos a explosão por lá, dentre eles, o Carina, um modelo que era estático e foi convertido. O barco Carina é imenso e, só a marola dele já poderia afundar modelos de tamanhos menores.

Eu teria assunto para 40 parágrafos aqui, mas acho que as imagens falam por si. Independente do tipo de modelismo, o que importa é que em todos o pessoal é unido e se ajuda bastante, além, é claro, das boas risadas e experiências trocadas!

Morre Elliot Handler, criador dos Hot Wheels

Eu passei alguns dias bem desconectado resolvendo os problemas do blog e nem cheguei a ler uma notícia que me deixou MUITO triste: Elliot Handler, fundador da Mattel, morreu.

O criador dos Hot Wheels e de outros muitos brinquedos veio a falecer na quinta-feira passada, de insuficiência cardíaca. Elliot estava com 95 anos de idade e, foi, certamente, o responsável pelos brinquedos mais vendidos do mundo.

Assim como a Barbie marcou a vida de inúmeras meninas, os carrinhos Hot Wheels conseguiram o mesmo feito no lado masculino. Aliás, conquistaram muitas meninas também!

Elliot já havia fundado a Mattel há 14 anos quando sua esposa deu a sugestão de lançar uma linha de carrinhos. Logo de início, eram apenas miniaturas em metal, sem diferenciais. Elliot percebeu que precisaria de algo a mais nos carrinhos, então criou rodas que giravam ainda mais rápido, permitindo que os Hot Wheels fossem bem mais velozes.

Toda a coisa começou com as contratações de designers das montadoras para criar versões de carros existentes na época. Logo em seguida, chegaram os próprios carros Hot Wheels. Não foi difícil crescer ainda mais. Ao longo das décadas, chegaram pistas, milhares de versões dos carrinhos, desenhos na TV, filmes, games e centenas de produtos derivados.

Ainda hoje, a mania de Hot Wheels aumenta entre todos os públicos. Não é difícil encontrar marmanjos de 20 e tantos anos com mais de 100 carrinhos numa prateleira. Até algumas mulheres que conheço têm esse tipo de coleção, como a Carol!

Enfim, o cara que alegrou a vida de milhões de pessoas com suas ótimas criações. Adeus, Elliot!

Veja o trailer oficial de Drive

Após o boom causado por Velozes e Furiosos, surgiram inúmeros filmes seguindo a linha crimes/carros/dinheiro. A maioria, ruim. Porém, vi o trailer de Drive, filme que me atraiu bastante e promete ser um destaque entre tantos lixos lançados.

Resumindo bastante, a trama gira em torno de um dublê profissional que começa a aceitar ofertas de criminosos para alguns “servicinhos” como piloto. São várias cenas de violência (yeaahhh), acidentes, dinheiro e carros sensacionais, como Mustang, Chevrolet Nova e Chrysler 300C. Vejam o trailer oficial de Drive:

O melhor carro para sobreviver a um apocalipse zumbi

Estando na web, com certeza você já deve ter visto memes, vídeos e até seriados sobre zumbis. Esse lance de zumbi atrai tanto a atenção da galera que até a Subaru entrou de cabeça na história!

Acontece que em Baltimore (cidade americana no estado de Maryland) vai rolar um evento que se chama “Run For Your Lifes”, onde os participantes precisam participar de “fugas” dos zumbis. E é aí que a Subaru, patrocinadora oficial do evento, faz sua parte: dizendo que o  Impreza WRX é a melhor ferramenta para sobreviver a um apocalipse zumbi. Confira:

Veja a moto do Capitão América

Neste final de semana, estréia mais um filmes que faz qualquer fã de quadrinhos ficar louco:Capitão América – O Primeiro Vingador. Tá, mas que diabos o Capitão América a ver com o Shock Motors? A moto!

A moto utilizada no filme é uma Harley-Davidson WLA 1942, também conhecida como “Liberator”. Para quem não sabe, o filme se passa durante a Segunda Guerra Mundial, bem na época em que esse modelo de moto era usado exclusivamente pelo Exército americano.

Foram produzidas 70 mil unidades da Harley-Davidson WLA 1942. Seu peso era 257 kg. O motor era um V2 de 739 cilindradas com 23 cavalos de potência e velocidade máxima de 105 km/h, algo bem impressionante para a época.

A moto do Capitão América exigiu bastante trabalho para ficar do jeito que aparece no filme. Foram utilizadas outras 5 motos da época para recriar o visual da WLA 1942, um trabalho que ficou completo no final de 2010. Dois exemplares utilizados no filme ficarão no Museu Harley-Davidson.

Renault apresenta seu novo SUV no Duster Experience

2Renault Duster

Quem é leitor mais antigo deve saber que há poucos meses, a Renault me levou até Buenos Aires para ver de perto seu novo SUV, o Duster. Pois bem, no último sábado a marca reuniu mais alguns blogueiros aqui em São Paulo no Duster Experience, para explorarmos melhor o universo do Duster.

Essa parada de “universo do Duster” foi até um trocadilho, já que o evento começou de verdade no Planetário do Ibirapuera! Mas seguindo em frente, participamos de uma partida de rugby, esporte que, segundo a marca, se assemelha ao carro em duas características:robustez e versatilidade. Depois de sermos “castigados” pelo Curitiba Rugby e também pelo Sol, finalmente havia chegado a hora de conhecer o carro!

Renault Duster

O modelo que estava em Buenos Aires era verde, como vocês podem ver aqui. Já o modelo apresentado no sábado era azul crepúsculo (não, ele não vira purpurina no sol), cor bem interessante e próxima do preto.

Desta vez pudemos ver bem mais sobre o Duster em si, devo dizer que fiquei impressionado com a “força” que o carro transmite, porém, me decepcionei com seu tamanho. Externamente, é quase como ver uma Ecosport mais marrenta.

As curvas são interessantes e me agradaram mais que as do Sandero. Embora eu tenha dito que lembra uma Ecosport, tive a nítida impressão de que ele não capota tão facilmente quando a SUV da Ford.

O interior (sim, nós entramos. Chupa essa, mídia impressa!) também agrada muito com o acabamento bem feito e bom uso do plástico. Tudo está bem acessível, controles de rádio no volante, controle de tração no console, console no teto, entre outros detalhes.

Renault Duster

No geral, o Renault Duster é mais do que eu esperava. Porém, a Renault poderia ter caprichado mais no desenho das rodas. Elas não transmitem tanta robustez quanto a frente do carro.

Vale lembrar que, por questões internas da marca, concordamos em ao fazer fotos do interior do Duster. O que é irônico, já que as fotos estão no catálogo oficial. Enfim, vamos ver como será o embate com Ecosport e Tucson, as principais concorrentes.

obs.: O inteligente aqui esqueceu a mochila com câmera em casa, então resolveu roubar as fotos feitas por Fábio Trindade, do Carplace.